White Balance, fotografia de show e formato RAW

27/04/2010 às 9:54 am


Como já sabemos, o RAW preserva todas as características que faz com que na hora da edição, a imagem não sofra muito, ok.

Mas uma das melhores coisas, com certeza é a preservação do white balance. Você pode mexer ali e apontar os sliders para valores extremos que não vai ficar defeituoso, pra mim essa é a principal característica.

Quando fotografamos show, não tem jeito. Tem que usar AWB (Auto White Balance), pois conforme as luzes de palco alternam, ou se movimentam – ainda mais aquelas que tem um canhão de luz apontado pra um espelhinho e ele fica mexendo freneticamente – outro esquema de luz é criado. E a luz presente no clic que você bateu agora, certamente já foi embora e não vai mais ser a mesma por um tempinho. Ficar batendo branco é inviável numa situação dessas, ajustar um único perfil de white balance pode ou não ser tiro no pé (você pode acertar todas ou errar todas): então nos resta bater em AWB, e depois fazer os ajustes no Lightroom – não tem jeito saporra, é assim mesmo! Se não tem jeito na hora de tirar a foto, tem jeito na edição, e vou explicar o que fazer numa situação dessas. Você tira fotos de um show, e tem aquela cretina luz vermelha em cima dos músicos que deixam todos eles com cara de pimentão em suas fotos, horrível.

A dica para resolver isso na edição é: observe se tem alguém com uma camiseta branca, pegue o conta-gotas (atalho: W) e clique na camiseta – que é o ponto neutro -, porém certifique-se de que a camiseta não está sob o ponto de alguma luz especular (totalmente estourada) OU com uma luz em cima dela que esteja só nela. O bumbo da bateria (aquela caixa grande que fica de frente pra você) geralmente também é branco, mas eu não gosto muito de tirar o branco por ali porque geralmente ele está em uma área de sombra.

Depois que fizer isso, olhe pra cara das pessoas e veja se está normal, se não estiver, você deve fazer o ajuste fino manualmente mexendo nos sliders de Temp e Tint, faça isso até que o branco esteja corretamente tirado. Quando falo de tirar o branco, obviamente não me refiro a exclusão da cor branca, e sim ajustar o white balance, e se tem uma regra/dica que deve-se SEMPRE seguir é: olhe para a cara das pessoas, lembre como era o tom de pele delas e mantenha o máximo de fidelidade de cor na hora de ajustar – por isso que eu acho importante o próprio fotógrafo editar as próprias fotos, pois ele lembra de como as cores eram no moment0.

Siga estes passos, é muito simples e você pode corrigir tomates verdes fritos fotos de uma maneira muito legal, veja o antes/depois abaixo pra ver como a correcão de white balance melhora sua vida.

White Balance errado, não necessariamente a foto esteja feia, as vezes você quer os tons quentes ou até mesmo por sorte, eles ficam mais agradáveis do que a luz correta que estava lá

Agora sim eu posso falar que é o Bernardo Bosísio na foto, repare a diferença e veja que ficou muito mais profissional

Observação: as vezes você QUER uma foto com o White Balance ERRADO. Não significa necessariamente que a foto com o WB correto seja MELHOR, ou mais bonita; ela simplesmente está com as cores fiéis às originais, nada além disso. Eu mesmo quando tiro foto de paisagem, gosto de dar uma aumentada no Temperature pra deixar a foto mais quente, com mais aspecto de dia ensolarado!


  • Buni

    Com curry por favor!

  • marcia sandres

    muito bom parabens

  • Éverton

    Entendo perfeitamente a importância da fidelidade das cores, como você citou nem sempre a foto com WB correto pode ser a mais bonita, mas neste caso a foto com WB errado está muito mais bonita (minha opinião)

  • André

    Concordo com o Éverton.

    Mas muito bom post.

  • http://www.rafalopes.com.br/blog Rafael Lopes

    Que ótimo! Temos duas opiniões aqui nos comentários!
    Muito obrigado Everton e André!

    O que acontece, é que em geral a temperatura de cor quente é mais agradável. Eu uso esse truque também para fotos de paisagem, mas acho que fotojornalisticamente falando, o mais correto é acertar o White Balance para que as cores saiam fiéis…

  • http://www.rafalopes.com.br/blog Rafael Lopes

    O temperature quente é mais agradável porque dá a sensação de conforto do “quentinho” quando vc vê a foto, é algo subconsciente!
    Vou fazer um post sobre isso! O nome vai ser “fotos quentinhas”

  • Pingback: » fotografia cotidiana » Blog Archive » Fotos quentinhas são mais agradáveis aos humanos

  • http://www.nathanthrall.com.br Nathan

    -Olá Rafel,

    Estou conhecendo o seu blog e estou adorando!!
    Estou indicando ele para minha namorada que está começando a estudar fotografia e eu não tenho saco para ensinar!!rs

    Nesse caso, acho que seria mais interessante selecionar apenas a pele dele e deixar o ambiente 'quentinho', assim vc corrige jornalisticamente o objeto e mantém o clima artístico do momento.
    Não que eu faça muito isso, mas é uma forma de acertar se estiver incomodando.
    Se tiver tempo para ver, esse show só tinha 3 luzes VERMELHAS em cima dos artísticas e mexi apenas no tint e algumas outras coisas, mas sei que poderia ficar bem melhor se eu tivesse paciência para manipular.
    Ainda mais que fiz sem flash! http://www.flickr.com/photos/nathan_thrall/sets/7…

    Mas no intuito de ensinar como resolver, você fez o certo. Com bom gosto e conhecimento cada um chega no conceito que acha melhor.

    Parabéns e continue com o maravilhoso trabalho. Vou enviar um cheque da aulas dela para você!!!uahauhau

    Abs,